jabai sharp

VIVA OS NOIVOS!

Tive que empreender uma grande viagem para ir ao casamento de uma grande amiga em França. Aproveitei para tirar mini-férias e ir calmamente por aí acima, com várias paragens (planeadas ou não) pelo caminho!


jabai sharp

AO TIROS

A minha prima atiradora (cuidado com ela!) veio atirar ao Alentejo. Não ganhou a prova, mas ganhou desenhos! E muitos espectadores, incluindo um porco vizinho do campo:


jabai sharp

ENCONTRO NO MUSEU

O encontro ÉSk deste mês foi no Museu de Évora. Tentei desenhar algumas das obras de arte lá expostas, mas não me estava a correr muito bem....

... portanto decidi desenhar antes um workshop de tecelagem que também lá estava a decorrer. Não é que me tenha corrido muito melhor, mas ao menos assim não estava a assassinar a obra de nenhum artista!


jabai sharp

ENTRETENIMENTO EM CONFINAMENTO

Nestes tempos de pandem*rda, uma pessoa tem que se agarrar a tudo o que encontra em casa para se entreter entre quatro paredes. Felizmente ainda vou tendo bastante tralha com que me manter ocupada:

Já os eventos com pessoas, agora são todos online. É uma fartura de Zoom que já não se pode, mas é melhor do que nada...

E não é que ainda fui arranjar também de fazer anos no meio desta cena toda? Lá tive que me armar de vontade e montar um banquete digno de uma rainha confinada:

Enfim, estava tudo óptimo... mas espero que não se tenha que repetir!


jabai sharp

OS MORCEGOS TAMBÉM DANÇAM

Num raro evento que juntou gentes do meu círculo profissional e do meu círculo dançante, fui desenhar morcegos e mastros tradicionais no dia da ecologia:

Despois tive que me ir embora e não pude estar na dança propriamente dita... mas foi giro enquanto durou!

jabai sharp

A ÁRVORE VAI NUA!

Em tempos desconfinamento gradual pós-pandemia, os encontros no Largo Chão das Covas visam a vestir as árvores, não vão elas constipar-se e parecer que também já têm COVID. Eu não fui tricotar mas fui desenhar:


jabai sharp

NA TERRA DO MOZART

Fui falar num congresso na Áustria. A viagem foi longa e cheguei tarde, mas tinha um quarto muito giro à minha espera:

Num passeio sem rumo pela cidade, dei por mim num belo jardim que, quando me pus a reparar, tinha sepulturas! É o cemitério mais bonito que já vi:

Entretanto foram chegando os colegas, e a partir daí só desenhei comezainas:

O Mozart escolheu bem o sítio para nascer!